Reflexão nº 44 – “Relatos Selvagens”: o que Jesus faria no meu lugar?

relatos_selvagens_filme_ricardo_darinFoto: Warner Bros. Pictures Brasil

Há alguns anos, conversando com uma amiga sobre como agir com sabedoria diante da loucura do mundo, ela me sugeriu uma simples pergunta: o que Jesus faria no seu lugar? Essa pergunta coloca as coisas em outro patamar. Nada melhor que tomar um sábio (Buda, Confúcio, Jesus, Sócrates) como referência quando o ódio e a raiva ameaçam nos cegar.

A princípio, o trailer de “Relatos Selvagens” (Relatos Salvajes, 2014, direção de Damián Szifron) me fez pensar em uma mistura de tragédia e comédia (a presença de Ricardo Darín também me despertou interesse). Mas ver o filme me fez pensar sobre essa pergunta. A narrativa nos conduz por uma série de histórias protagonizadas por personagens que, levados ao estresse (uns em maior e outros em menor proporção), perdem o controle, deixando aflorar o lado selvagem que habita cada um de nós.

Definitivamente, as coisas não terminam bem quando devolvemos intolerância com intolerância, corrupção com corrupção, injustiça com injustiça, traição com traição e violência com violência. A impressão que tenho é que nós mesmos somos os maiores prejudicados quando adotamos a Lei de Talião: “olho por olho, dente por dente”.

Continuar lendo

Anúncios

Reflexão nº 11 – Pensamentos conflituosos: intuição ou irracionalidade?

planta-nascendo-calcada

Em algum lugar do planeta, após nascer como indivíduo, uma alma começa a refletir…

Alma: Espírito, está aí?

Espírito: Olá.

Alma: Desde nosso último encontro, tenho refletido bastante.

Espírito: Refletir é bom. Sobre o que tem pensado?

Alma: São pensamentos estranhos. Me fazem sentir em plenitude, mas nem tudo faz sentido.

Espírito: Se te fazem sentir paz, não há razão para não alimentá-los.

Alma: Eles vão de encontro a muitas coisas que sempre tive como verdades. Isso me deixa em conflito.

Espírito: A verdadeira verdade nem sempre agrada num primeiro momento. Mas depois torna-se libertadora. Não tenha medo de refletir.

Continuar lendo