Reflexão nº 52 – “Antes de dormir”: memória e identidade

antes_de_dormir_livro

“Eu sei que vou dormir esta noite e que amanhã irei acordar novamente sem saber de nada, e o mesmo no dia seguinte, e no dia depois dele, para sempre. (…) Isso não é vida, é apenas uma existência, saltar de um momento para o outro sem ter ideia do passado, nem planos para o futuro. É como penso que deve ser a vida dos animais”, Christine, “Antes de dormir”

Imagine como seria acordar todas as manhãs sem saber quem você é? Um estranho em sua própria vida. Uma casa e um marido completamente desconhecidos. Uma vida toda desconhecida. Esse é o drama da personagem Christine, protagonista do livro de suspense “Antes de dormir” (editora Record 2015).

A foto da capa, a mesma do filme inspirado na obra e estrelado por Nicole Kidman, dá o ar de suspense do livro. Essa imagem me fez pegá-lo nas mãos. Folheando a obra, ainda na livraria, me chamou atenção o fato de que o autor, S. J. Watson, escreveu o livro (publicado originalmente em 2011) durante o primeiro curso “Como escrever um romance” (iniciado em 2009) de uma escola londrina chamada Faber Academy. A informação me pareceu inspiradora para quem gosta de escrever.

Além disso, Watson trabalhou no National Health Service (Serviço Nacional de Saúde) durante anos de acordo com informações do próprio livro. O que, certamente, lhe deu alguma propriedade para tratar o tema. Na nota do autor, inclusive, Watson escreve que o livro foi inspirado na vida de diversos pacientes amnésicos.

Todos os dias, Ben, marido de Christine, tem que explicar a esposa quem ela é. Ajudá-la a recordar de como se conheceram e de tudo que viveram até ali. Incentivada por um psiquiatra (doutor Nash), mas sem o conhecimento de Ben, Christine começa a escrever um diário para tentar resgatar suas lembranças.

Para além de um suspense, ao longo da narrativa, Watson descreve o drama e os conflitos vividos por um amnésico. O quanto a memória constrói nossa identidade e faz com que, de fato, saibamos quem somos. Como sem memória e, por consequência, sem identidade, nos tornamos um barco à deriva .

Enquanto lia o livro, pensei que, mesmo sem um trauma aparente, também podemos nos tornar amnésicos. Viver a vida sem consciência (no piloto automático) também nos faz esquecer quem somos. Quando sufocamos nossas lembranças, sonhos e vontades, em determinado momento, parece que elas nunca existiram. E pensar no quão distantes podemos estar do que de fato sonhávamos ser, chega a assustar.

“A caixa estava no chão, à minha frente. Por um momento fiquei sem saber o queria fazer, se realmente queria abri-la. Que novidades chocantes ela poderia conter? Assim como a própria memória, ela poderia guardar verdades que eu não podia sequer imaginar. Sonhos não imaginados e horrores inesperados. Eu estava com medo. Porém, percebi que essas verdades eram tudo que eu tinha. Elas são meu passado. São o que me tornam humana. Sem elas não sou nada. Nada além de um animal”, Christine.

A consciência é o que nos difere dos animais. Do contrário, vivemos reféns de nossos próprios instintos. De fato, a consciência e a verdade que ela nos traz são alguns dos nossos bens mais preciosos. Fiquei pensando que nos lembrar quem somos todas as manhãs, antes de começar o dia, possa ser um exercício saudável e valioso. Um momento para recobrar a consciência. Nos preparar para manter a sanidade antes de encarar a loucura do mundo. Essa, certamente, é a principal mensagem que levarei do livro.

“Antes de dormir” se revelou um livro muito bom. Agora, falta assistir ao filme.

Sobre o autor: Rafael Miramoto, 30 anos. Alguém que gosta de estudar, refletir e compartilhar.

Reflexão n° 42 – “Novembro de 63″ e os perigos da viagem no tempo

Reflexão nº 38 – Fugindo de si mesma

Reflexão nº 13 – “Judas” e um jovem em busca de sentido

Reflexão nº 8 – “Homens, mulheres & filhos”: a comunicação nossa de cada dia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s